Prefeitura de Rio Preto abre licitação para segunda etapa do anel viário
20/03/2019 18:30 em Novidades

A Prefeitura de Rio Preto, por meio da Secretaria de Obras, abriu licitação no valor de R$ 22 milhões para a segunda etapa das obras do anel viário. Quando concluído, o sistema, que tem a extensão de 22 quilômetros, vai integrar as regiões periféricas, desafogando as vias centrais e proporcionando maior mobilidade aos motoristas que não precisarão passar pela região central para acessar determinados bairros.

 

De acordo com o secretário de Planejamento, Israel Cestari, na primeira fase serão realizadas obras no prolongamento da avenida Belvedere perto da BR-153, construção de avenida entre a BR-153 e a avenida Danilo Galleazi, prolongamento e alargamento da avenida Marco Costantini, interligando a Vila Madalena ao conjunto habitacional Rio Preto. Também estão previstas obras entre a avenida José Prudêncio Drigo da Silva e o loteamento Parque Tecnológico e implantação de travessia sobre o córrego Borá.

 

A primeira etapa tem previsão de investimentos de R$ 11,9 milhões com prazo de conclusão de sete meses. O segundo lote, o mais caro, prevê investimentos de quase R$ 23 milhões e as propostas serão abertas em 26 de abril.

 

Com esse lote se efetivará a interligação da região dos condomínios da zona leste à região norte. Ainda de acordo com o secretário, a terceira e última etapa deve ser licitada em abril para obras próximas ao Residencial Palestra, na rotatória existente na região e no Jardim Gabriela, e obras para avançar até a região da Vila Toninho, fechando todo o anel viário.

 

Com a conclusão das obras, as rodovias que cortam a área urbana de Rio Preto – BR 153, Washington Luís e Assis Chateaubriand – estarão interligadas.

 

“Essas obras, além da interligação receberão melhoramentos de pavimentação, novas galerias e iluminação. Todas as passagens serão sinalizadas e serão acessíveis. Esperamos entregar esse complexo pronto no segundo semestre de 2020. Essa obra será um marco na história da cidade, facilitando o trânsito”, informou o prefeito Edinho Araújo.

 

As obras estão incluídas no financiamento de R$ 203 milhões junto à Caixa Econômica Federal, Finisa.

COMENTÁRIOS